Escola Concept anuncia o SingularityU Brazil Global Impact Challenge 2018, competição de startups na área de Educação

“A startup vencedora participará do “SU Ventures Incubator Program” na sede da SU, no Vale do Silício, durante dez semanas”

No Brasil, 17% dos adultos não concluíram o ensino primário, de acordo com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), e 23% da população é analfabeta funcional, segundo o Instituto Paulo Montenegro. Esses são alguns dos dados que incentivaram o “SingularityU Brazil Global Impact Challenge”, patrocinado pela escola Concept, do Grupo SEB, a ser uma chamada aberta a empreendedores, tecnólogos, cientistas ou agentes de mudança com ideias inovadoras voltadas à educação, mais especificamente à aprendizagem autodirigida.

A Singularity University (SU) é uma comunidade mundial que estuda como as tecnologias exponenciais podem resolver desafios globais e construir um futuro abundante para todos. O Global Impact Challenge já foi realizado em mais de 45 países, com um total de 162 vencedores.

O objetivo da iniciativa é estimular inovações para resolver os maiores desafios do mundo – energia, meio ambiente, alimentos, abrigo, espaço, água, resiliência a desastres, governança, saúde, educação, prosperidade e segurança – usando a tecnologia exponencial.

A edição 2018 do Global Impact Challenge terá foco em Educação e será realizada pelos chapters da SU em São Paulo, Recife e Porto Alegre. Negócios de todo o país podem participar.

Toda a estratégia do Grupo SEB está focada em um movimento de transformação educacional baseado em relevância e impacto. Nesse contexto, a escola Concept, em particular, não se coloca apenas como uma alternativa ao ensino tradicional, mas sim como um modelo comprometido em antecipar as mudanças que enxergamos como urgentes e inevitáveis para a dinâmica escolar.

Thamila Zaher, diretora executiva do Grupo SEB, mantenedor das escolas Concept

“Nada mais natural, portanto, que estejamos próximos a parceiros como a Singularity University e iniciativas como o “Global Impact Chalenge”, que já comprovaram seu poder de gerar impacto positivo em escala exponencial e que, como nós, entendem o papel fundamental da educação na construção de um novo mundo melhor: mais crítico, justo, ético e sustentável”, afirma Thamila Zaher, diretora executiva do Grupo SEB, mantenedor das escolas Concept.

“Estamos extremamente entusiasmados por ter outro Global Impact Challenge no Brasil. Este ano, nosso foco está na inovação da aprendizagem. Portanto, estamos chamando o público para apresentar ideias que transformarão o nosso atual sistema educacional e garantirão que os alunos adquiram habilidades que os equiparão às necessidades presentes e futuras”, disse Regina Njima, diretora do Global Impact Challenge da Singularity University.

Educação e aprendizado são as chaves para o crescimento., diz Conrado Schlochauer, realizador do GIC e embaixador do Chapter da Singularity University em São Paulo

“Educação e aprendizado são as chaves para o crescimento. Por isso, o Brazil Global Impact Challenge faz um convite a startups, pensadores e pesquisadores para transformarem 10 milhões de brasileiros em aprendizes ativos e autodirigidos nos próximos 5 a 10 anos, por meio de inteligência e uso de tecnologias exponenciais”, diz Conrado Schlochauer, realizador do GIC e embaixador do Chapter da Singularity University em São Paulo

A startup ganhadora do “Global Impact Challenge” receberá uma bolsa da Concept que dá direito a dois representantes do time participarem do “SU Ventures Incubator Program”, entre 3 de setembro e 19 de outubro, incluindo estadia e alimentação. No programa está contemplado treinamento de liderança aos fundadores dos negócios, estruturação às empresas e um ecossistema para inovação e execução.

O júri que escolherá as semifinalistas, finalistas e a vencedora será composto por representantes da escola Concept e da Singularity University, bem como por outros experts em empreendedorismo, negócios e educação.

Serviço

Quem pode se inscrever

Empreendedores, pesquisadores, cientistas ou startups que tenham ou projetaram uma ideia capaz de impactar o panorama de aprendizagem no Brasil. Não há a necessidade de ter uma startup em operação para participar do desafio. Ideias em qualquer estágio são bem-vindas.

Timeline

Inscrições podem ser feitas até o dia 15 de junho de 2018, no site https://su.org/gic/brazil-2018/

Haverá semifinais com seis escolhidos para apresentar seus pitchs.

As semifinais ocorrerão em:

> Recife – 25/junho

> São Paulo – 26/junho

> Porto Alegre – 28/junho

Final:

> São Paulo, 10 de julho, na Escola Concept, no Itaim Bibi.

Informações: brazil@gic.su.org