Startup brasileira com atuação global abre mais de 40 vagas

Pipefy oferece cargos que vão desde analista júnior até gerência e incluem ainda a possibilidade de trabalho remoto

São Paulo, 18/11/2019 – A economia brasileira ainda patina e, hoje, há mais de 12 milhões de desempregados no País, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O ecossistema de startups, entretanto, parece caminhar na contramão. Segundo a Associação Brasileira de Startups (Abstartups), existem atualmente cerca de 5 mil vagas abertas no setor.

A Pipefy é uma startup de gerenciamento de processos eficientes, com sedes em Curitiba, no Sul do Brasil; São Francisco, no Vale do Silício (EUA); e Austin, no Texas (EUA). A startup acaba de anunciar a abertura de 45 vagas, em diversas áreas e níveis hierárquicos. As posições são para atuar na sede brasileira e há também possibilidade de trabalho remoto de qualquer lugar do Brasil ou do mundo.

Além dos conhecimentos e habilidades necessários para cada posição, há quatro pré-requisitos para os interessados em trabalhar na empresa: inglês avançado ou fluente, sonhar grande, ser muito bom no que faz, querer ir além do suficiente sempre.

As inscrições para o processo seletivo podem ser feitas no link http://www.pipefy.com/careers/.

Expansão

Fundada em 2015, a Pipefy apostou, desde o primeiro dia de atuação, em uma estratégia global. Com isso, tem crescido mais de 300% ao ano e, hoje, atende cerca de 15 mil clientes, distribuídos em mais de 150 países, incluindo a gigante de tecnologia da informação IBM, o banco Santander e a fabricante de automóveis Volvo.

A plataforma desenvolvida pela empresa permite que gestores altamente qualificados criem e gerenciem fluxos de trabalho eficientes sem que precisem de suporte técnico — tornando contato com o TI na gestão de processos inteiramente opcional. Seu software fornece uma plataforma de autosserviço em que gestores podem projetar, implementar e mensurar o desempenho de novos fluxos de trabalho digitais.

“Nossa visão é empoderar todos os executores dentro das organizações para que eles criem e implementem seus próprios fluxos de trabalho,” destaca fundador e CEO da Pipefy, Alessio Alionço.

A Pipefy é uma startup curitibana de gerenciamento de processos, que nasceu de uma necessidade pessoal de Alessio Alionço, fundador e CEO da empresa. Hoje, a empresa está presente em mais de 150 países e atende cerca de 15 mil clientes, incluindo a gigante de tecnologia da informação IBM, o banco Santander e a fabricante de automóveis Volvo.

Em 2019, a startup recebeu US$ 45 milhões em sua rodada Série B, encabeçada pelo fundo Insight Partners e integrada pelos já investidores OpenView e Trinity Ventures.